Reflexões sobre o processo ensino-aprendizagem da relação médico-paciente


Resumo


O texto aborda o processo ensino-aprendizagem da relação médico- paciente considerando o novo paradigma do ensino médico, as Diretrizes Curriculares Nacionais. Argumenta a respeito da necessidade de formação ampla, que inclua áreas afins como filosofia, bioética, teologia e sociologia. Aponta para a necessidade do ensino-aprendizagem destacando o respeito à alteridade e à autonomia, procurando refletir sobre o processo teoria/prática em relação a esses conteúdos no viver dos estudantes de medicina. Também procura enfocar modelos explicativos, leigos e médicos, discorrendo a respeito da necessidade de lidar de forma harmoniosa com as diferenças. Por fim, apresenta a teoria de Balint e suas categorias, que ampliam a compreensão do processo saúde-doença do paciente, bem como examina o necessário desenvolvimento da inteligência emocional do estudante de medicina. O texto intenta pautar a reflexão dos profissionais que, de alguma forma, influenciam a formação de futuros médicos.

Palavras-chave


Educação médica;Terapia psicanalítica;Humanização da assistência

Texto completo:

PDF PDF (English)