Conhecimento e envolvimento de graduandos em fisioterapia acerca dos preceitos éticos da experimentação animal


Resumo


 

O artigo analisa em amostra de universitários do curso de fisioterapia indicadores éticos ao uso de animais na pesquisa e no ensino e o nível de conhecimento e interesse dos alunos sobre o tema ética animal. Foi distribuído um questionário aos alunos do primeiro e segundo semestres do curso de fisioterapia, cujo preenchimento ocorreu em sala de aula, de forma voluntária. Os dados obtidos foram analisados e posteriormente colocados à discussão de forma descritiva. O questionário foi preenchido por 193 universitários; a maioria dos alunos pesquisados tinha conhecimento prévio sobre o tema ética animal, porém nunca participaram de aulas práticas com uso de animais e afirmam nunca ter pensado sobre a substituição dos animais por métodos alternativos. Os alunos se sensibilizaram quanto ao número de animais utilizados no ensino e nas pesquisas e demonstraram conhecimento a respeito do tema.

 


Palavras-chave


Ética; Ética em pesquisa; Comissão de ética; Comitês de ética em pesquisa; Experimentação animal; Bioética

Texto completo:

PDF PDF (English)