Aspectos éticos da quebra da relação médico-paciente

Marcelo de Sousa Tavares

Resumo


A relação entre médicos e pacientes sempre foi extremamente complexa e rica. O presente artigo analisa os diversos fatores pré, intra e pós-consulta que podem interferir sobre a consulta. Os fatores aceitos como justificáveis de determinadas atitudes, tanto por pacientes e médicos, são explicitados. A visão do médico a respeito do conceito de justiça ligado ao ato da
consulta, bem como a influência de fatores individuais, são igualmente discutidos. A situação ideal referente à relação entre consultado e consultor deve refletir a compreensão por ambas as
partes dos diversos fatores que influenciam essa relação.

Palavras-chave


Ética; Relação médico-paciente; Justiça

Texto completo:

PDF