Diretrizes éticas na prática pericial criminal

Paulo Enio Garcia da Costa Filho, Elias Abdalla-Filho

Resumo


Este artigo de pesquisa discute aspectos peculiares ao exercício da função de perito criminal, o qual, frequentemente, se depara com situações em que há contraposição entre seus deveres profissionais e seus princípios éticos. Por meio da aplicação de questionário aos peritos criminais do Instituto de Criminalística da Polícia Civil do Distrito Federal, o presente estudo objetivou verificar a existência de diretrizes éticas adotadas atualmente por esses profissionais e examiná-las com o intuito de gerar reflexões bioéticas, além de propor ajustes considerados
necessários. O estudo permitiu concluir que há insatisfação entre os profissionais a respeito das orientações éticas recebidas, bem como referente à opinião negativa sobre a abordagem ética de seus pares e, principalmente, quanto à necessidade de referenciais éticos específicos para a
prática pericial criminal, especialmente quando do trato com o cadáver e seus familiares.

Palavras-chave


Bioética. Ética profissional. Análise ética. Ciências forenses. Polícia judiciária.

Texto completo:

PDF PDF (English)