Editorial

EDITORIAL


   Nesta ltima edio do sculo escolhemos "Desafios da Biotica no sculo XXI" como o principal tema do Simpsio, com o intuito de aprofundar alguns assuntos que devem ocupar o centro das discusses bioticas. Com esse objetivo, pautamos para o presente nmero uma quantidade mnima de artigos sobre diferentes reas temticas que enfocassem desde a valorizao do conceito de vulnerabilidade at a reflexo de possveis e provveis dilemas ticos resultantes da utilizao dos acelerados progressos da biotecnologia.

   A revista Biotica conclui importante etapa de existncia ao completar sete anos de periodicidade semestral e indexao junto Base de Dados LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe de Informaes em Cincias da Sade). No transcurso desses anos, acolhemos a colaborao das diferentes linhas de pensamento dos articulistas, bem como as crticas e sugestes dos leitores.

   Desta forma, as reas temticas dos Simpsios abrangeram os aspectos bioticos da AIDS, dos pacientes terminais, do aborto, do erro mdico, das pesquisas envolvendo seres humanos e o ensino da tica dos profissionais de sade. Foram tambm enfocados outros assuntos, a exemplo da poltica demogrfica, a tica da tica dos profissionais de sade. Foram tambm enfocados outros assuntos, a exemplo da poltica demogrfica, a tica da alocao de recursos em sade, a tica e gentica, os limites da autonomia do paciente, o papel dos Comits de tica Institucionais e, na ltima revista, a biotica e a eutansia.

O CONSELHO EDITORIAL