Princípio da não discriminação e não estigmatização: reflexões sobre hanseníase

Magda Levantezi, Helena Eri Shimizu, Volnei Garrafa

Resumo


Este artigo baseia-se no artigo 11 da Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos, que trata do princípio de não discriminação e não estigmatização. O texto discorre sobre os conceitos de discriminação, estigma e violência estrutural, pensando-os no caso específico da hanseníase, sob a perspectiva da bioética e dos direitos humanos. A pesquisa considera ainda o fato de que o Brasil é o segundo país mais afetado pela doença. Como conclusão, destaca-se a importância da referida declaração como instrumento teórico-prático para enfrentar a exclusão social de pessoas nessa situação.

 


Palavras-chave


Bioética. Direitos humanos. Estigma social. Discriminação social. Hanseníase.

Texto completo:

PDF PDF (Español) PDF (English)