Conhecimento sobre cuidados paliativos entre médicos residentes de hospital universitário

Marcos Vinícius da Conceição, Maiane Cássia de Castro Vasconcelos, Caio José Coutinho Leal Telino, Erik Vinícius Barros Guedes, Deborah Mônica Machado Pimentel

Resumo


Resumo

Embora possam ser aplicados em diversas situações além das neoplasias, os cuidados paliativos nem sempre encontram respaldo técnico e científico por parte dos médicos. Por meio de pesquisa exploratória, descritiva, transversal
e de abordagem quantitativa, objetivou-se avaliar o conhecimento sobre cuidados paliativos entre médicos residentes do Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe. Para isso, foi criado um questionário a partir dos instrumentos da literatura. O perfil da amostra foi composto predominantemente por mulheres (67%), profissionais
com até 29 anos (59%) e até quatro anos de formados (60%). A maioria dos médicos (78%) afirmou não ter recebido informações suficientes sobre cuidados paliativos durante a graduação. Após análise de todas as questões, apenas
7% da amostra apresentou avaliação excelente (acerto em mais de 80% das questões).


Palavras-chave: Cuidados paliativos. Conhecimento. Educação médica. Autoavaliação.


Palavras-chave


Cuidados paliativos. Conhecimento. Educação médica. Autoavaliação.

Texto completo:

PDF PDF (Español) PDF (English)