Editorial

Clóvis Francisco Constantino

Resumo


A proteção aos indivíduos, grupos e segmentos vulneráveis vem fazendo parte do rol de preocupações das quais passou a se ocupar, posteriormente, a Bioética. Pode-se dizer, até, que os direitos dos sujeitos de pesquisa bem como as obrigações dos pesquisadores estiveram, direta ou indiretamente, no cerne da discussão bioética, tanto pela linha originada a partir de Potter quanto por aquela proposta por Hellegers, que fomentou a discussão nesse campo a partir da área biomédica.

Palavras-chave


editorial

Texto completo:

PDF