Dignidade humana nos limites da vida: reflexões éticas a partir do caso Terri Schiavo

Leo Pessini

Resumo


O objetivo deste artigo é discutir as questões éticas nos limites da vida a partir do caso Terri Schiavo, em busca de um entendimento do que significa “morrer com dignidade”. Nosso primeiro passo é uma discussão ética sobre um dos conceitos-chave no debate bioético contemporâneo, o que entendemos por dignidade humana. A seguir, apresentamos e discutimos eticamente o 'caso Terri Schiavo', que mobilizou a opinião pública mundial no início de 2005. Nele, não se tratava de negar tecnologia, pois a paciente não era mantida viva artificialmente por aparelhos, mas tão-somente por um tubo de alimentação! O que pensar e como proceder em termos de intervenções médicas frente a casos como esse, em que a pessoa se encontra no chamado “estado vegetativo persistente”? A pessoa 'perde' sua dignidade? Nossa reflexão, finalmente, introduz a questão da dignidade de viver e morrer para além do âmbito pessoal e médico-hospitalar, considerando o horizonte político-social a partir do mundo da exclusão.

Palavras-chave


bioética e dignidade humana; viver e morrer com dignidade; caso Terri Schiavo

Texto completo:

PDF